OPINIÃO

Idéias e opiniões socialistas sobre Sorocaba

R$ 52 milhões serão investidos em obras nas áreas de risco, em Votorantim.

Posted by alexproenca em setembro 10, 2011


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Giuliano Bonamim
giuliano.bonamim@jcruzeiro.com.br

O processo de urbanização das áreas de risco dos bairros Votocel, Itapeva e Vila Garcia está prevista para começar no fim deste ano em Votorantim. Serão investidos R$ 52 milhões em infraestruturas social e urbanística nessas regiões graças à aprovação do convênio do Programa de Aceleração ao Crescimento 2 (PAC 2). A assinatura da parceria entre o governo municipal e a Caixa Econômica Federal ocorreu ontem de manhã na sede do Programa de Amparo ao Menor (Proame), com as presença do prefeito Carlos Augusto Pivetta (PT).

O objetivo da Prefeitura é iniciar o desfavelamento da cidade com esse projeto apoiado pelo governo federal. “Vamos construir centros comunitários, proporcionar água, luz, asfalto à população e erguer moradias”, disse Pivetta. O prefeito de Votorantim não soube quantificar quantas pessoas serão atendidas com esses novos investimentos. “Pois essas regiões também vão atrair moradores de áreas próximas”, comenta.

O dinheiro também será usado na construção de três barragens para contenção de cheias. O repasse será de R$ 10.810 milhões e prevê o controle de enchentes na calha do córrego Itapeva, no bairro Jataí. Ou seja, serão feitos os denominados piscinões, além da reurbanização da área. Estudos hidráulico-hidrológicos indicaram a necessidade de construir os três reservatórios com a capacidade de armazenar 127.473 metros cúbicos de água.

A cerimônia de assinatura também contou com o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Sandro Valentini e o representante da Presidência da República, Manoel de Araújo Sobrinho. “Agora nos resta esperar o Ministério das Cidades dar a ordem para o início do processo licitatório e, se tudo der certo, até o fim do ano as obras estarão em andamento”, comentou Pivetta.

O programa de urbanização das áreas irregulares vai beneficiar somente as famílias devidamente cadastradas no Censo Habitacional realizado em 2009. O objetivo é elevar a qualidade de vida da população localizada em área inadequada à moradia por meio de ações necessárias à regularização urbanística e fundiária, à promoção da segurança e salubridade e à melhoria das condições de habitabilidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: