OPINIÃO

Idéias e opiniões socialistas sobre Sorocaba

Caixa de Pandora de Brasília e de Sorocaba

Posted by alexproenca em fevereiro 22, 2010


José Carlos Triniti Fernandes

Presidente do PT de Sorocaba

Os sorocabanos, em sua grande maioria, esperam ansiosos o desfecho do inquérito de Caixa de Pandora, que dura quatro meses – desde a prisão temporária da empresária Ivanilde Vieira Serebrenic, ex-presidente regional do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), no dia 28 de setembro de 2009.

Também foram presos temporariamente os então secretários municipais Maurício Biazotto Corte (Governo e Planejamento) e José Dias Batista Ferrari (Desenvolvimento Econômico), depois exonerados. Em meados de novembro, havia a expectativa inicial de que o inquérito fosse encerrado no fim do mesmo mês, como noticiado na época. Depois, acreditou-se que ele terminaria no inicio de fevereiro, antes do carnaval; agora ficou para dia 23 deste mês.

A Polícia Civil e o Ministério Público apuram a existência e os desdobramentos de um suposto esquema de corrupção no Sincopetro e na Prefeitura de Sorocaba. Ele consistiria, basicamente, no pagamento de propinas para apressar ou facilitar a emissão de alvarás de funcionamento de postos de combustível.

Enquanto aguardamos os desdobramentos de operação Caixa de Pandora da nossa cidade, outra operação, que leva o mesmo nome, em Brasília, teve seu desfecho inédito: o governador do DEM, José Roberto Arruda – ex-vice-presidenciável na chapa de José Serra – está na cadeia, acompanhado dos comparsas que ajudaram no esquema de corrupção. As instituições agiram com rigor, como tem que ser, para combater esse câncer chamado corrupção.

A prisão do Governador José Roberto Arruda, e de tantos outros, que a Polícia Federal vem colocando na cadeia nestes últimos anos, faz com que a população brasileira passe a acreditar nas instituições que cada vez mais vêm se consolidando em nosso país. Isso demonstra a importância de termos solidez institucional para combater o crime organizado e a corrupção no Brasil.

Aqui em Sorocaba, a investigação está sendo coordenada pelo delegado Wilson Negrão, do Grupo Antissequestro (GAS), e pelo promotor Roberto de Campos Andrade, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). O delegado disse que o prazo para encerramento do inquérito foi ampliado a fim de reunir mais evidências. Ele deixou claro que a preocupação principal não é com o tempo, mas com as provas.

As operações Caixa de Pandora, realizadas em Brasília e Sorocaba, chamaram a atenção de milhares de pessoas, primeiro pelo esquema montado para desviar dos cofres públicos milhões de reais — que deveriam ser investidos para solucionar vários problemas que atingem a população.

Segundo pelo nome, Caixa de Pandora. Tive a curiosidade de entender melhor seu significado. Entre tantas leituras, encontrei um artigo do psicólogo Sérgio Pereira Alves que explica: “Epimeteu havia sido avisado por Prometeu para não aceitar nenhum presente dos deuses, mas, encantado com Pandora, desconsidera as recomendações do irmão. Pandora chega trazendo em suas mãos um grande vaso (pithos = jarro) fechado que trouxera do Olimpo como presente de casamento ao marido. Pandora abre-o diante dele e de dentro, como nuvem negra, escapam todas as maldições e pragas que assolam todo o planeta. Desgraças que até hoje atormentam a humanidade. Pandora ainda tenta fechar a ânfora divina, mas era tarde demais: ela estava vazia, com a exceção da ‘esperança’, que permaneceu presa junto à borda da caixa. A única forma do homem para não sucumbir às dores e aos sofrimentos da vida. Assim, essa narração mítica explica a origem do males, trazidos com a perspicácia e astúcia ‘daquela que possui todos os dons’”.

Deste mito ficou a expressão caixa de Pandora, que se usa em sentido figurado quando se quer dizer que alguma coisa, sob uma aparente inocência ou beleza, é na verdade uma fonte de calamidades. Abrir a Caixa de Pandora significa que uma ação pequena e bem-intencionada pode liberar uma avalanche de repercussões negativas. Há ainda um detalhe intrigante que poderíamos levantar: por que a esperança estava guardada na caixa entre todos os males? Dependendo da perspectiva que olharmos os pares de opostos, a esperança pode também ter uma conotação negativa, por poder minar as nossas ações nos fazendo aceitar coisas que deveríamos confrontar.

Milhares de sorocabanos têm a esperança de que, ao final deste inquérito, tudo possa ser esclarecido sobre este suposto esquema de corrupção montado em Sorocaba. Esperamos dos responsáveis pela investigação que aqueles que tenham culpa sejam punidos conforme determina a lei. O episódio de Brasília nos serve de exemplo de que as instituições estão cada vez mais confiáveis aos olhos da população. Neste episódio de Sorocaba só temos que aplaudir o que fizeram até o momento o Delegado Wilson Negrão e o Promotor Roberto de Campos Andrade.



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: