OPINIÃO

Idéias e opiniões socialistas sobre Sorocaba

Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste, de Sorocaba já apresenta problemas

Posted by alexproenca em fevereiro 7, 2009


Alexandre

alex.proenca@ibest.com.br

A reportagem do Jornal Cruzeiro do Sul, reproduzida abaixo, mostra a “qualidade” das obras públicas realizadas pela atual prefeitura tucana de Sorocaba.

Mal passaram as eleições as obras começaram a se degradar, confirmando, que elas eram na realidade obras de carater eleitoral.

Parques, prédios, praças já mostram a olhos vistos, a péssima qualidade da execução dos trabalhos.

Na praça dos Tropeiros localizada em frente a  Santa Casa, as calçadas começam a rachar, causando transtornos aos pedestres.

E as calçadas do centro, então? Os pisos estão constantemente quebrando.

Este é o “choque de administração” tucana.

O piso do setor de urgência e emergência está com ondulações que dificultam a locomoção de pacientes sobre as macas, o forro tem vãos nas emendas, as paredes estão com rachaduras e a caixa d água tem trincas. Estes são alguns dos defeitos encontrados no prédio da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste entregue pela Prefeitura de Sorocaba há menos de um ano à população. As deformações foram constatadas pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS) por meio da sua comissão de inspeção que realizou vistoria na unidade de saúde, no último dia 14 de janeiro. Após a visita, o conselho elaborou um relatório que foi enviado à Secretaria de Obras e Infraestrutura Urbana (Seobe), responsável pelo monitoramento das obras de construção da unidade que durou dez meses para ficar pronta e custou R$ 7 milhões.

Para resolver a situação, a Seobe deverá ter uma reunião com a Imprej Engenharia Ltda, construtora responsável pela obra da Unidade Pré-Hospitalar, na próxima semana, ocasião em que apresentará a relação dos problemas apontados pelo conselho. De acordo com Seobe, a construtora será notificada a realizar os serviços de restauração num prazo de 45 dias.A Secretaria da Saúde (SES), por sua vez, disse que os problemas verificados pelo conselho são de acabamento, não havendo nenhum dano à estrutura do prédio ou risco a funcionários e pacientes.

É um absurdo de serviço malfeito.Tenho a impressão que fizeram tudo às pressas. Se esqueceram que o local atenderia contribuintes em um momento de fragilidade, por isso merecem conforto, atenção e qualidade de serviço, revoltou-se o membro da diretoria executiva do CMS, Álvaro Ciomak, 63 anos. Ele fez parte da comissão que vistoriou a Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste no mês passado e ficou indignado de encontrar tantos problemas como piso defeituoso e tomadas de força sem funcionar.

Funcionários da unidade contaram à reportagem do Cruzeiro do Sul que não podem tomar banho nos banheiros porque a água retorna dos ralos e inunda os reservados. Além destas situações, o conselho também questionou a falta de uma equipe de manutenção na unidade para resolver pequenos reparos. Em relação a isso, a Seobe explicou que, conforme estabelecido em contrato, a empresa é obrigada a realizar reparos nos serviços executados por um prazo de cinco anos, sem custos adicionais.

Acompanhamento de obras

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) realizou na última quinta-feira à noite uma reunião extraordinária no auditório do Hospital Sarina Rolim Caracante, no Jardim Faculdade, onde discutiram, além do relatório de vistoria do prédio da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste, os encaminhamentos sobre os acompanhamentos das obras do Hospital da Mulher, da Enfermaria Pediátrica do Hospital Santa Lucinda. Ambas viabilizadas por meio de parceira com a Secretaria da Saúde.

Com comissões específicas para cada tema, o conselho acompanhou ainda o funcionamento do Pronto Socorro e da UTI da Santa Casa e discutiu necessidades do sistema público de saúde nas mais variadas áreas. Em 2008, o CMS realizou 17 reuniões, sendo 11 ordinárias e 6 extraordinárias.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

2 Respostas to “Unidade Pré-Hospitalar da Zona Oeste, de Sorocaba já apresenta problemas”

  1. paulo said

    eu quero mandar um abraço para meu pai ivandro soter

  2. Manoh said

    TAMBÉM EXISTE O PROBLEMA DA INCOMPETENCIA DOS PROFISSIONAIS.
    NÃO HÁ ENFERMEIRO PADRÃO, SÓ IFERMEIROS DESQUALIFICADOS, O SERVIÇO DE ASSISTENTE SOCIAL É PRECÁRIO OU NÃO HÁ.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: