OPINIÃO

Idéias e opiniões socialistas sobre Sorocaba

Coligação do Prefeito quer calar população

Posted by alexproenca em setembro 3, 2008


Coligação do Prefeito quer calar população

Com o apoio da Justiça Eleitoral de Sorocaba, a Coligação Sorocaba do Trabalho e da Justiça Social, do candidato a reeleição, quer calar a população. Através de duas representações, a Coligação garantiu direito de resposta sobre os depoimentos de duas sorocabanas que denunciaram problemas enfrentados por elas no sistema público de saúde de Sorocaba.

Os casos referem-se à dona Ivone Perez Camargo, que perdeu a sua neta ainda no ventre da filha, por negligência no atendimento em hospitais de Sorocaba, e à dona Margarete, que, por conta de um diagnóstico tardio, perdeu uma das mamas devido a um câncer. Ao buscar informação na Secretaria da Saúde, em 2003, foi informada de que não tinha direito a uma cirurgia de reconstrução de mama, que à época custava R$10 mil.

A Coligação do atual Prefeito alega que o conteúdo dos depoimentos é “degradante e ofensivo” e que os mesmos “são fruto de roteiro adredemente preparado”, que “desvirtuam a realidade em prejuízo” do seu candidato. Os depoimentos de dona Ivone e dona Margarete também são classificados pela coligação do Prefeito como “melodramáticos”, além de extrapolarem a crítica política.

A veracidade dos depoimentos foi reafirmada junto à Justiça pela Coligação Sorocaba Olhando Para o Futuro, do candidato Hamilton, que apresentou até o protocolo de ação na Justiça por Dona Ivone, em que pede indenização à Santa Casa por negligência no atendimento à sua filha, então gestante. Outra crítica da Coligação de Hamilton refere-se à alegação de que a situação vivida pelas famílias não passa de um melodrama. “Essa alegação sim é desrespeitosa e insensível”.

A Coligação de Hamilton também defende que os relatos denunciam problemas existentes no sistema de saúde do Município e, em momento algum, atacam a pessoa do Prefeito. A veiculação de fatos que demonstram que o município não cumpre obrigação constitucional de garantir acesso da população à saúde, segundo a Coligação de Hamilton, “não pode configurar ofensa pessoal, sob pena de se instaurar a repressão à liberdade de expressão e manifestação do pensamento”.

Parecer das promotoras de Justiça Eleitoral, do Ministério Público Estadual, Mara Silvia Coutinho Ribeiro e Alice Satiko Kubo Araújo, apontaram para improcedência das representações da Coligação do Prefeito. Segundo Mara Ribeiro, “a propaganda veiculada não acarretou ofensa ou inverdade voltada aos representantes, tratando-se de crítica política, aceita normalmente nos debates político-ideológicos”.

O mesmo entendimento não tiveram os juízes eleitorais de Sorocaba, o que levou a Coligação Sorocaba Olhando Para o Futuro a apresentar recurso junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral). No recurso, a Coligação de Hamilton defende que a Coligação do Prefeito sim tenta desvirtuar a verdade, quando tenta mitificar o péssimo serviço público na área da saúde, “aproveitando imagens de recentes inaugurações construídas ao atropelo da urgência eleitoral, que ainda nem se firmaram ou confirmaram a validade do investimento do dinheiro público”. “Em que pesem as belas imagens de prédios recém-construídos, as mesmas não apagam a triste realidade da administração da saúde pública municipal que, para entrar no caminho correto, demandará alguns anos de árduo trabalho severamente executado”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: