OPINIÃO

Idéias e opiniões socialistas sobre Sorocaba

PT acusa a Justiça Eleitoral de ‘decisões totalitárias’

Posted by alexproenca em setembro 2, 2008


Depois de perder mais de 5 minutos do seu programa eleitoral, dado à candidatura tucana como direito de resposta, Antônio Melo, marqueteiro do candidato Hamilton Pereira (PT), reagiu indignado: “As decisões da Justiça Eleitoral estão sendo totalitárias, pois impedem que sejam feitas críticas ao governante de plantão”.

Antônio Melo refere-se ao fato da Justiça Eleitoral ter concedido direito de respostas ao candidato Vitor Lippi no que se refere às críticas que o PT faz ao programa de saúde da administração da cidade. “Gravamos depoimentos de eleitores descontentes com a situação da saúde em Sorocaba, são depoimentos com autorização do cidadão para passar na TV. Só que, por serem críticas, a Justiça dá direito de resposta”.

No raciocínio do marqueteiro petista, as decisões da Justiça “acabam com o pluripartidarismo, colocam fim à oposição e deixam uma pergunta no ar: se não pode criticar, por que ter programa eleitoral na campanha?”

Para o marqueteiro, “a Justiça deve entender que a crítica faz parte da democracia, que partidos têm visões diferentes sobre a mesma situação e que cabe ao opositor alertar, com críticas, a opinião pública, para que ela forme seu juízo de valor e decida o seu voto.” Ele acrescenta que, ao impedir as críticas, “a Justiça Eleitoral de Sorocaba beneficia o administrador de plantão que concorre à reeleição”.

 

Fonte: Jornal Bom Dia Sorocaba

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: